Desafio A a Z Resenha: Beijada pelas Sombras

Olá amigos,

Hoje trago a segunda resenha do Desafio A a Z Accio Books com o livro Beijada Pelas Sombras da Série Academia de Vampiro, de Richelle Mead.


Eu já havia lido esse livro há um tempo, mas com certeza ele seria o escolhido. A história é esplêndida!


Sinopse:
Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola.
Mas isso é só o começo. Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?
Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.

Eu confesso que, praticamente, virei uma espécie de ser humano antissocial devido à leitura do livro. Essa leitura me consumia tanto que mal parava para almoçar ou dormir. Qualquer tempo livro eu usava para ler. Ainda mais por já conhecer a história sabia que não iria me arrepender pelo tempo empregado. 

A história é narrada em primeira pessoa, por Rose, futura guardiã de Lissa. E possui uma linguagem simples, e majestosa. Apesar de ser um texto narrativo as descrições  são perfeitas, como se pudesse estar vendo as cenas há poucos metros de distância.  Em minha opinião, uma das melhores narrações já feitas!

Ah! Não posso deixar de falar sobre o óbvio: Vampiros! Tão clichê hoje em dia... Os vampiros de Richelle Mead não se comparam aos de André Vianco, mas também não são tão convencionais como os que perambulam por ai hoje em dia. Eles ainda fogem do sol e não brilham ;)
Há muita questão política, moral e reflexiva em torno desta espécie em Academia de Vampiro. 

Os personagens são dotados de personalidades e características bem distintas. Há os alunos da realeza, bem como os que não o são. Em sua maioria são alunos adolescentes, e como qualquer jovem há atrações entre eles, e grande parte dos problemas enfrentados por Lissa e Rose são decorrentes desse fator.

Aproveitando, não posso deixar de falar nele: Dimitri, Dimitri... Ó Dimitri!
Preciso confessar, estou perdidamente apaixonada por ele. Guardião de Lissa, instrutor de Rose à qual sente uma atração muito forte e proibida. E se entre ele e Rose um relacionamento pode colocar a perder toda a missão a que suas vidas são dedicadas, fique sabendo que para mim não! Não sou uma dampira guardiã e nossa diferença de idade não chega a 7 anos, então... vem ni mim Dimitri *-*

Bem, se falei em Dimitri não posso deixar de falar em Christian. Pertencente a uma das famílias mais tradicionais da realeza, Ozera, Porém a reputação da família foi destruída quando os pais dele tornaram-se Strigoi. Há uma evidente atração entre ele e Lissa, mas o que falariam da princesa se a vissem com ele? Lissa precisa manter um falso interesse nos alunos populares da realeza (Que muito longe Christian se encaixa) pois era assim que seu irmão agiria. Mesmo que isso a fizesse sentir-se mal.

A história possui continuidade em outros livros, e desejo muito lê-los. O final desse primeiro livro nos mostra que muitas emoções e aventuras serão vividas e, literalmente, sentidas. 
A leitura é super recomendada, possui um enredo fantástico que prende a atenção do leitor. Impossível descrevê-la numa resenha.

4 comentários:

  1. Adorei essa ideia de resenhas de A a Z *-* criativo.
    Eu nunca tive muita vontade de ler esses livros, mas recentemente tudo mudou com uma resenha que li.
    Que a proposito, a sua está muito boa *-*
    Parabéns, flor.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  2. Olá Paula!!
    Amei a sua resenha! e ri muito com a parte do Dimitri!
    Eu tenho os 4 primeiros livro aqui, e pretendo ler esse ano ainda, se Deus quiser!!
    Fiquei bem curiosa para conhecer esses Vampiros, ainda bem que eles não brilham hahaha...
    Flor sua resenha está ótima, parabéns, só me deixou com muita vontade de ler a série agora!! *-*

    Beijão
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula!

    Então, essa é uma das minhas séries preferidas Ever! E Dimitri personagem preferido! Você não poderia ter escolhido um livro melhor para a letra B do desafio! Adorei a resenha!

    Beijos,

    Celle
    bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi pequena!

    Senti tanta saudade dos seus escritos que não me contive e corri aqui para ler sua resenha que mais me fascina :D

    Saudades de ti
    Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...